O que é creatina?

o que é creatina

De fato, o universo dos suplementos nutricionais é muito amplo. Na verdade, existem muitos suplementos alimentares que ajudam a melhorar as funções do nosso corpo, como a creatina. Mas o que é creatina?

Assim sendo, para ajudar você a entender mais sobre o que é creatina, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

O que é creatina?

Em suma, a creatina é uma substância que nosso corpo produz naturalmente em órgãos como fígado, pâncreas e rins. Tomar um suplemento deste aminoácido nos ajudará a desfrutar de um corpo e músculos mais fortes em melhor forma.

Especialistas recomendam tomar suplementos de creatina em um tempo máximo de 3 meses e sempre sob supervisão médica.

Se você seguir as diretrizes estabelecidas por especialistas, a creatina pode trazer benefícios interessantes para a saúde, como os seguintes:

Maior energia nos músculos

Portanto, os atletas poderão treinar por mais tempo sem que seus músculos se cansem ou se sintam cansados. Esta é a principal razão pela qual a creatina se tornou um suplemento essencial entre os profissionais de esportes.

Ajuda a recuperar músculos

Após um treino duro, a creatina acelerará a recuperação das fibras musculares e, portanto, também reduzirá o risco de lesões.

Maior desempenho esportivo

Como o músculo fica menos cansado graças à creatina, podemos trabalhar desfrutando de maior desempenho e treinamento em tempos mais longos.

Mais músculos

Outro benefício dessa substância é que ela é um suplemento perfeito para aumentar a massa muscular, pois ajuda uma maior quantidade de líquido a se acumular dentro das células.

Esse aumento na massa muscular é totalmente livre de gordura e o volume virá de dentro dos próprios músculos.

Os benefícios da creatina para os músculos

Se você quer saber para que serve a creatina e porque está tão na moda hoje, lembre-se de que este suplemento é basicamente tomado para melhorar a massa muscular.

O principal objetivo perseguido ao consumir este suplemento nutricional é que os músculos estejam em melhor forma e que, portanto, possamos treinar com a máxima eficiência.

Com o tempo, a creatina ajuda você a fazer mais repetições de um exercício, levantar mais peso ou suportar um treinamento mais longo. Com tudo isso, você terá músculos mais fortes, mais fibras e com menos gordura.

Além disso, é importante ter em mente que este suplemento também contribui para a drenagem do corpo: você reduzirá a presença de retenção de líquidos e alcançará um corpo muito mais esculpido, tonificado e melhor moldado.

Como tomar creatina?

Agora que você sabe para que serve creatina, vou dar as instruções para que você possa aprender a inclui-la em sua dieta.

Claro: você deve sempre consultar um especialista em saúde esportiva antes de fazer quaisquer mudanças em seus hábitos alimentares.

Se você quiser tomar essa substância, tenha estas dicas em mente:

  • Comece a tomar 2 a 3 gramas de creatina todos os dias durante 3 meses.
  • Descanse 1 mês inteiro.
  • Se você acha que é necessário, e o médico recomenda, você pode iniciar o ciclo novamente.

Esta é a ingestão mais comum, já que o tratamento geralmente é de no máximo 3 meses.

No entanto, não hesite em consultar um médico para resolver quaisquer dúvidas sobre sua ingestão e os benefícios que a creatina lhe trará.

O que significa ter creatina alta?

Quando os rins não absorvem essa substância e a excretam pela urina, a quantidade dessa substância no sangue aumenta.

Existem vários fatores que fazem com que uma pessoa tenha creatina alta, afetando a função renal e muscular. Isso pode acontecer quando existe:

  • Há um consumo de suplementos alimentares que danificam os rins, causando doença renal.
  • Exercícios excessivos são realizados. Uma pessoa que pratica exercício físico diário é mais propensa a ter creatina alta do que outra que leva uma vida mais sedentária.

Os principais sintomas da alta creatina são alterações na cor e cheiro da urina, aparecimento de espuma na urina, perda de apetite e peso, inflamação das mãos e pés e vômitos, entre outros.

Para regular os níveis de creatina, é importante seguir uma série de recomendações:

  • Esteja bem hidratado, bebendo cerca de 2 litros de água por dia.
  • Exercite-se moderadamente, mas sem cometer excessos.
  • Coma uma dieta equilibrada na qual há muitas frutas, vegetais, carnes brancas (frango, peru ou coelho) e peixe branco.
  • Controle a pressão alta para que ela não suba de 130/80.
  • Tome alimentos diuréticos que ajudam a eliminar toxinas, como espinafre, espargos, melancia ou beterraba.

O que significa ter creatina baixa?

É mais comum ter creatina alta do que baixa. Mas há pessoas que a têm abaixo dos valores normais, e isso pode estar associado a uma diminuição da massa muscular ou alertar para a existência de alguma doença a considerar.

Os principais sintomas são fraqueza muscular e perda de tecido. Durante a gravidez, também é comum que as mulheres tenham baixos níveis, não sendo um sintoma de nenhuma doença.

Para aumentar os níveis dessa substância, recomenda-se incorporar à dieta:

  • Proteínas, como carne vermelha, peixe, ovos ou queijos.
  • Alimentos ricos em potássio, como batatas e espinafre.

Gostou de saber mais sobre o que é creatina? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Redatora do site GuiaParavida

View all posts by →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *